dezembro 10, 2002
Ufa

Nem acredito que fiz minha última prova hoje. Eu realmente detesto laboratório de telejornalismo, mas hoje bati meu recorde. Fiz prova substitutiva e mais quatro exercícios pendentes em 01 aula! É a matéria que mais preciso de nota. Espero não bombar. Mas eu espero mesmo não bombar! Muito! Minha vida quase...

Além disso, pedi demissão. Tchau plumas, adeus mundo fashion. Vou viver agora de passar roupas e lavar quintal. Em minha casa. Mas veja pelo lado bom: não precisarei mais acordar às 7h todos os dias. Eu tô pulando de alegria.

Gosto de empregos que me satisfaçam, como na épca dos projetos culturais. Gosto do tempo em que eu olhava para o Teatro Municipal e ouvia meus alunos tocando a Nona Sinfonia de Beethoven. Eles são foda. Morro de saudade de minhas praguinhas. Mas não dá para viver na ilusão de que sempre vai ser bom. Imprevistos acontecem e eu ainda tenho a chance de mudar de emprego quando eu quiser. Mas, mesmo assim, não posso começar a ver o sol só depois do meio-dia... preciso de grana, para comprar bolinhas de chocolate e pagar a faculdade.

É meu último ano.

Cara, como passa rápido. As rugas estão chegando e nada de novo acontece. Quero escrever. Pintar. Fazer piadas sem-graça e reunir os amigos no final de semana para rir, chorar e, dependendo da ocasião, ser carregada no colo. Sou uma catástrofe bêbada.

Quero viver. Faz tempo que não faço isso....
*dona cartolina* às 9:16 da tarde